(83) 8692-5991 / (11) 9.9906-0896 — [email protected]

M de “Mito”? Não, M de Mentiroso!

Bolsonaro mente sistemática, descarada e compulsivamente – aquela mentira que vem junto ao riso de escárnio, a mentira do ciníco profissionalizado na política. Não aquele cínico dos tempos antigos da Grécia, bem representado em filósofos como Diógenes de Sínope e seu mestre Antístenes, audazes e indomáveis buscadores da verdade – deles sentimos muita falta!  
 
Bolsonaro gargalha, bate na mesa e faz o gesto da arminha, pois sabe que ele é apenas um bufão apoiado por boçais e uma parcela de gente ludibriada.
 
Não, ele não é apenas um mero prisioneiro de uma crença limitante. Ele é o agente ativo de um mentira que tem ajudado o vírus a se propagar, a adquirir novas formas e variantes perigosas, a colocar as vidas dos cidadãos brasileiros e de fora do país em risco.


Doria critica Bolsonaro e diz que “faltou vergonha e verdade” em  pronunciamento | Política | Valor Econômico
Jair Bolsonaro ontem em seu pronunciamento público diante da nação – uma CASCATA de mentiras descadaramente proferidas. Mentiras mortíferas, mentiras que tem levado milhares de pessoas a morrerem à míngua sem atendimento hospitalar, sem medicação apropriada e sem vacina. Bolsonaro é uma mancha histórica que deve ser imediatamente varrida. Panelaços tem voltado a aparecer pelo Brasil.
BOLSONAZI (@perolabolsonazi) | Twitter

O pintor espanhol Pablo Picasso tinha dito certa vez que “a arte é uma mentira que nos ajuda a compreender a verdade“, e ele tinha muita razão. A mentira e certa “empáfia” em alguns artistas têm seu lado lúdico, ou seja, são inofensivas (embora em alguns casos possam, sim, ser agressivas), no entanto, enquanto transformadas em método e ofício em determinados setores institucionais – ou órgãos de “credibilidade” – como o Estado e a política, por exemplo, possuem perigosas ressonâncias e podem mesmo ser diretamente responsáveis pelo destino mortal de milhares de pessoas inocentes.  
 
Jair Bolsonaro vai continuar mentindo e enganando a todos mesmo quando diz o que todos querem ouvir sair da boca de um líder responsável.
 
Mas, não nos enganemos, é só isso o que vai acontecer mesmo – Bolsonaro dissocia totalmente a performance do discurso oficial voltado ao público de suas práticas oficiais e suas práticas cotidianas. Todos os traços de um psicopata narcisista perigoso e autoritário se encontram nos discursos e gestos de Seu Jair.


Ο χρήστης Flamengo Antifascista στο Twitter: "FORA BOLSONAZI e vá com Edir  Macedo para o inferno Charge: Aroeira #EleNao #B171 #Laranja #VazaJato  #AeroCoca #HackerDeAraraquara #Nepotismo #ItaipuGate #LutePelaAmazonia ...

Aliás, não é de hoje que ele sinaliza que “governar numa democracia é impossível“. Não é de hoje que ele deseja se desembaraçar de qualquer equilíbrio entre os três poderes e angariar para si a centralidade decisiva que ele exerceria de forma tirânica, exclusiva e prepotente.
 
Bolsonaro mente mesmo e apesar de vivermos num tempo em que as imagens, vídeos e gravações (oficiais ou não) estão constantemente presentes e rodam o globo (que até um dia desses – antes do seu adversário frisar com veemência que “a Terra é redonda” – para ele era “plano”) chegando direto pelo celular das pessoas comuns.
 
Ele se desdiz na mesma velocidade com que continuamente continua cagando e andando em público para todos os problemas e crises da nação.


Pensata bolsonazi – Blog do Gerson Nogueira


E não se trata apenas de sua recusa ou celeridade com todos os procedimentos relativos à contenção da contaminação, do tratamento e do aumento e aceleração da vacinação contra o vírus – mas também a ostensiva propaganda de um Kit Covid com medicamentos ineficazes que tem levado à morte milhares de pessoas.
 
É de uma frieza e um sadismo imperdoáveis em alguém com tamanha responsabilidade. E também um comportamento recorrente, afinal de contas, em outros tempos ele mesmo batia na tecla de uma tal de “pílula contra o câncer” (quem lembra?) que nunca teve comprovação nenhuma de eficácia. Aliás, foi esse um dos seus “grandes feitos” em trinta anos de mamata nas tetas públicas e esquemas de peculato, quando dizia que “não era um político” e que fazia “a nova política”.

A falsa esperança do tal kit sempre teve como objetivo manter as pessoas submetidas ao jugo do trabalho de modo a sustentarem a posição de poder e privilégio social e econômico, com a imparável produção de riquezas e dividendos, a todos aqueles que auxiliaram Bolsonaro a usurpar o poder e as energias da nação.


Bolsonaro oferece hidroxicloroquina para ema e web não se aguenta
 

Falei usurpar?
 
Sim, pois que Bolsonaro capitalizou e operou com o ódio e faturou imensamente com a desinformação e a mentira. Ao ponto de literalmente chegar onde chegou: na máxima posição de poder onde se vê e se crê no direito de defecar na cabeça de todo mundo e subtrair todas as nossas potências alegres. Bolsonaro não é apenas um entojo objetivamente, subjetivamente ele também é um opressor que tem impossibilitado o gozo de si das pessoas com todo esse acúmulo de problemas e barreiras que ele tem criado à felicidade. Universalizando assim, ainda mais, essa sensação que temos no dia-a-dia de constante fadiga, letargia, impotência e mal-estar.
 
Não existe democracia real onde as Fake News e a pós-Verdade têm erigido seu império simbólico, cognitivo e desinformativo – e aqui os tolos e ignorantes se acham no direito de peitar gente que se aprofunda em pesquisas, estudos e desenvolve seriamente os saberes. E é também aqui que a conspiração e o revisionismo se articulam operando uma mudança quase perfeita de paradigma em uma guerra cultural que os ressentidos procuram levar a cabo em prol do total domínio das subjetividades com base em novos acordos mentirosos. 

Governo Bolsonaro tem a pior avaliação mundial de enfrentamento à covid-19  | Congresso em Foco
O Brasil aparece como a país pior avaliado em relação às ações do governo que dizem respeito à contenção e tratamento da pandemia


No discurso oficial de ontem feito à nação, Bolsonaro fala que o Brasil está entre os cinco países que tem melhor enfrentado a pandemia. Mentira deslavada (o Brasil é disparadamente o PIOR em todo o mundo no enfrentamento à pandemia graças a ele mesmo, Jair Bolsonaro)! Somos o país que bateu o recorde de pessoas mortas por dia devido a esse mal horrível – passamos das 3.000 mortes diárias e hoje no Brasil morre-se mais de Covid-19, e da decorrente irresponsabilidade do Poder Federal, do que morreram pessoas no atentado terrorista às Torres Gêmeas do World Trade Center em 11 de setembro de 2001! – e Bolsonaro, em uma Live, satiriza um infectado fazendo uma imitação!!
 
Podemos qualificar assim as mentiras, a zombaria e a inação de Bolsonaro quanto à pandemia como genocídio planificado e “terrorismo doméstico”? Sem sombra de dúvida!
 
Além do mais ele está sempre performando o “machão viril e incorrigível” que nunca erra, nunca comete erros – e os cometendo aos borbotões nunca admite, pede humildes desculpas ou faz um “mea culpa“. Não, isso significaria que ele é “fraco” e o “mito” jamais pode fraquejar (só no caso de ter uma filha!). O “machão”, no entanto, só o é por pura empáfia e encenação: peida fininho na farofa sempre que se defronta com a realidade esmagadora e agora diante do retorno do seu adversário Lula à política, então… 



Bolsonaro diz que perda de vidas poderia ter sido evitada com cloroquina
B de Bostão e Boçal! O cavalo-de-satanai que desdenha das máscaras e diz que é “coisa de maricas” se vê obrigado a usá-las em Israel e fica pianinho. C de Covarde, Cagão. M de Mentiroso!

Merdra“, teria dito o Ubu Rei, personagem criado pelo inventor da ‘Patafísica Alfred Jarry, ao entrar em cena, e que representa o que de pior existe no trogloditismo bufônico e covarde pelo poder – uma espécie de proto-Bolsonaro decalcado. Falei “M” de Mi(n)to? M, pois, também, de Merd(r)a, que é onde o Bolsonaro quer que estejamos e de onde não temos ainda esboçadas formas coletivas de sair.

Nenhuma das milhares de mentiras contadas todos os dias por Bolsonaro – e também por sua equipe e família – é capaz de produzir uma única verdade que seja!
 
Aliás, a única verdade é a que já sabemos: que, na verdade, ele é a nova variante do vírus do fascismo e que seu programa de governo é a farsa, a violência, o genocídio e a negligência.


*

Recomendamos o canal do filósofo e escritor Henry Bugalho como complemento a este artigo:



*

A propósito, conheçam a sátira que lançamos que transforma em narrativa teatral todo o golpe operado no Brasil e que culminou na situação atual que vivemos: BozzonarUbu.

Adquira aqui o seu exemplar e ajude a fortalecer nossa iniciativa totalmente independente.

*

Gostou deste conteúdo? Curta, comente e compartilhe – ajude-nos a quebrar as malfadadas muralhas da comunicação com a limitação do algoritmo. Precisamos de sua solidariedade para levar essa mensagem a mais gente.

Você pode conhecer nossos livros e adquiri-los nossa Loja e ajudar a fortalecer nossa editora, nosso blog e nossas propostas independentes. Chega junto!

 Aproveita e segue também nosso perfil no Instagram.

Um grande beijo, bon voyage e até o próximo post!