(83) 8692-5991 / (11) 9.9906-0896 — [email protected]

Conheça o Manifesto Brasil Século XXI em tempos de pandemia & fascismo

Octavio Paz  dizia – e isso o Roberto Piva gostava de repetir – que “poesia é a subversão do corpo“.

Paz estava certo, porém, estamos em guerra (ok – a intenção de péssimo trocadilho foi bem-sucedida). E em tempos de guerra, de fascismo e de violenta pandemia não é somente escrevendo frases bonitinhas que iremos virar essa página nefanda de nossa história. (Quem dera se assim fosse… – ai se só paixões e melodias transformassem magicamente o mundo!)

E a subversão precisa rasgar a asfixia dos espaços para ganhar terrenos outros.

Há um bom tempo venho falando sobre a Recusa aqui e isso não é gratuito. Foi por sentir tal necessidade e buscar proclamá-la como uma real urgência social e cultural que essa Recusa tomou forma de manifesto poético e político.

Capa do Manifesto Brasil Século XXI


É com muito orgulho que venho anunciar a todos vocês o lançamento da primeira parceria editorial nossa com o Jornal Metamorfose.

Trata-se do Manifesto Brasil Século XXI em tempos de pandemia & fascismo, que redigi no último dia 14 de maio, ao término da escrita de uma obra chamada Carta de um poeta a um genocida, que ainda verá a luz do público (se o Cosmos assim quiser!) esse ano.

“Não é que a literatura albergue ou seja responsável por viabilizar saídas ou agenciar “soluções prontas”. O campo da criação poética – e literária, por extensão – constitui em si um território fugaz, uma usina de forças que possui a reserva de energias capazes de catalisar processos subjetivos que podem impactar os indivíduos em termos de mentalidade e comportamento e os levarem a desejar mudanças.

O pior dos equívocos de um poeta ou de um pensador é considerar
decisivamente que escrever ou criar obras é simplesmente evadir, desresponsabilizar-se ou encontrar na escrita ferramentas formais e artifícios buscados unicamente enquanto refúgio diante das constantes tormentas de nossa história.

Poesia e existência são unha e carne. Criar e viver possuem tal ligação vital e necessária quanto a consciência expressada nas ruas tem com os caminhos e destinos da vida política de um povo a certa altura dos acontecimentos”

 

Preparamos um PDF bacanudo para vocês baixarem e lerem totalmente de graça. Basta clicar aqui pra conhecer e fazer o download!

 
“Os gritos
                 cartazes
                                  & protestos de rua
                                  já expressam a nossa inversão de perspectiva
                                                                                               & a criação cotidiana
                                                         de nossa emancipação

 

no entanto: não sejamos ingênuos & negacionistas

                                                        protejam-se
                                                        andem em grupos
                                                        ofereçam a solidariedade
                                                        defendam os + fracos

contra o atavismo apático
propomos o a(r)tivismo lúdico

                                                                           contra o cocô viral
                                                                           na Presidência
                                                                                                     apresentamos a Descarga!”

 

Esse trabalho é dedicado ao meu querido amigo Luiz Felipe Macalé que faleceu na madrugada depois do grande ato pelo Impeachment e a favor das vacinas do dia 29 de maio. Vivemos em tempos terríveis – que a arte e a poesia sejam um farol de excitação febril por mudanças conscientes.

A poesia será rebelucionária ou não será!

*


Gostou deste conteúdo? Curta, comente e compartilhe – ajude-nos a quebrar as malfadadas muralhas da comunicação com a limitação do algoritmo. Precisamos de sua solidariedade para levar essa mensagem a mais gente.

Você pode conhecer nossos livros e adquiri-los nossa Loja e ajudar a fortalecer nossa editora, nosso blog e nossas propostas independentes. Chega junto!

 Aproveita e segue também nosso perfil no Instagram.

Um grande beijo, bon voyage e até o próximo post!